É necessária a autorização da Câmara Municipal para obras no interior da habitação?

Na verdade, não é necessária autorização da Câmara Municipal, para obras no interior de uma habitação. Isto desde que as obras a realizar não impliquem modificações na estrutura de estabilidade, das cérceas, da forma das fachadas, da forma dos telhados ou coberturas, ou que não impliquem a remoção de azulejos de fachada, independentemente da sua confrontação com a via pública ou logradouros.

Para fazer obras no interior da habitação própria apenas será necessário comunicar à Câmara Municipal o início de trabalhos de escassa relevância urbanística. No entanto, as alterações a realizar terão sempre que cumprir o regulamento geral das edificações urbanas (RGEU), que define, entre outros, as áreas mínimas de cada compartimento, o número de instalações sanitárias consoante a tipologia e as áreas brutas mínimas dos fogos, por tipologia.

São conhecidos casos de técnicos da Câmara Municipal que não aprovaram, por exemplo, a remoção da parede da cozinha, abrindo a divisão para a sala, tipo cozinha americana ou kitchenette, considerando que esta alteração só poderia ser permitida em habitação turística. É por isso muito importante ter conhecimento das normas do RGEU, para não iniciar obras que violem as permitidas e ponham, assim, em causa o avanço das mesmas.

Para esclarecimento de dúvidas, contacte a Arrudarq e tenha a garantia de um acompanhamento especializado, em que todas estas dúvidas são facilmente esclarecidas e em que pode contar com um conhecimento aprofundado de mercado, para tomar as melhores decisões.

Saiba mais sobre os serviços de Arquitetura da Arrudarq. Consulte aqui.

Recommend
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIN
  • Pinterest
Partilhar
Tagged in

263 098 943 | 910 491 086
arrudarq@gmail.com

horário 09h - 18h (Seg. a Sex.)